Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Carros Electricos

Tudo sobre carros eléctricos, noticias, novidades, apresentações, artigos técnicos, esquemas técnicos, tecnologia, etc.

Tudo sobre carros eléctricos, noticias, novidades, apresentações, artigos técnicos, esquemas técnicos, tecnologia, etc.

Carros Electricos

28
Nov11

Opel Ampera vence «Troféu Auto» para o melhor eléctrico

adm

 

 

Pelo segundo ano consecutivo, o Opel Ampera foi distinguido com o prémio anual alemão ‘Troféu Auto’. Na categoria de automóveis eléctricos, o Ampera reuniu os votos de 40,2 por cento dos 100.000 leitores da revista ‘Auto Zeitung’ especializada no sector automóvel. Este resultado é superior ao do ano passado, dilatando a vantagem para o Fisker Karma (15,2 por cento) e o Tesla Roadster (10,6 por cento), que surgiram nas posições seguintes.

O CEO da Opel, Karl-Friedrich Stracke, recebeu o troféu na cerimónia realizada no Fórum Meilenwerk, em Düsseldorf, destacando que «a votação tão expressiva no Ampera é um claro reconhecimento do nosso conceito revolucionário de motorização. O Ampera assume um papel de liderança em matéria de mobilidade eléctrica. A tecnologia de motorização eléctrica associada ao extensor de autonomia dá-nos a oportunidade de ganhar independência face a fontes de energia não-renováveis, sem termos que ceder a limitações na utilização diária e na autonomia.»

O Opel Ampera, que tem lançamento em Portugal agendado já para o próximo mês de Janeiro, é, a par do «irmão» Chevrolet Volt, o primeiro veículo eléctrico que pode ‘ir a qualquer lado em qualquer altura’. A bateria de 16 kWh de capacidade garante uma autonomia de 40 a 80 km sem emissões, indo ao encontro das necessidades de deslocações diárias da grande maioria dos condutores. Quando a bateria atinge o mínimo de carga, o motor-gerador do extensor de autonomia, alimentado a gasolina, é ligado automaticamente para produzir electricidade a bordo para alimentar o motor de tracção. O extensor proporciona autonomia adicional superior a 500 quilómetros. A tracção do Opel Ampera é sempre eléctrica, recorrendo a um motor eléctrico de 150 cv de potência.

fonte:http://www.autoportal.iol.pt/n

26
Nov11

Câmara de Lisboa reforça frota de veículos eléctricos

adm

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou esta semana, em reunião, uma proposta que visa a redução de 118 veículos a gasóleo para 70 exclusivamente eléctricos da frota municipal de ligeiros. O aluguer de 70 novos veículos, que vão equipar os serviços técnicos e operacionais da Câmara Municipal de Lisboa, é o número indispensável para o bom funcionamento dos mesmos, segundo informação da autarquia. 

Esta opção traduz-se numa poupança de mais de 173 mil euros anuais em combustível, a preços actuais, e numa redução de mais de 1076 ton CO2 por ano. Considerando a aplicação informática “Veículos Mais Amigos do Ambiente” – Ferramenta de Apoio à Decisão de Aquisição de Veículos – desenvolvida pela TIS, PT para a Lisboa E-Nova a aquisição de veículos eléctricos é a mais favorável. 

Lisboa contará com uma rede de 687 postos de carregamento eléctrico até final de 2011. Em 2005 a autarquia dispunha de 591 ligeiros de passageiros, número que actualmente é de apenas 265, o que representa um corte de mais de 50 por cento, fruto da política de redução de custos do município.

fonte:http://www.ambienteonline.pt/

23
Nov11

E o melhor carro eléctrico do mundo é...

adm

Automóvel apresenta «conceito revolucionário de motorização»

O Opel Ampera foi distinguido com o prémio alemão «Troféu Auto», pelo segundo ano consecutivo.

O Ampera venceu, de forma clara, os outros 17 concorrentes na categoria de automóveis eléctricos, reunindo 40,2% dos votos de 100.000 leitores da revista «Auto Zeitung», especializada no sector automóvel.

O resultado foi superior ao do ano passado, tornando ainda maior a vantagem sobre os segundo e terceiro classificados, o Fisker Karma e o Tesla Roadster.

O CEO da Opel, Karl-Friedrich Stracke, recebeu o troféu numa cerimónia realizada no Fórum Meilenwerk, em Düsseldorf. O responsável destacou que «a votação tão expressiva no Ampera é um claro reconhecimento do seu conceito revolucionário de motorização».

Aquilo que diferencia este automóvel é o facto de ser «o primeiro veículo eléctrico que pode ir a qualquer lado, em qualquer altura».

A bateria garante uma autonomia de 40 a 80 quilómetros sem emissões, indo ao encontro das necessidades da grande maioria dos condutores. Pode ainda ser accionado um extensor que proporciona uma autonomia adicional superior a 500 quilómetros.

O Opel Ampera tem lançamento previsto em Portugal já para o próximo mês de Janeiro.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/e

15
Nov11

Opel lança carro que poupa 2 mil euros em combustível

adm

Carro eléctrico pode ser solução para o futuro. É só escolher: Opel Ampera ou Chevrolet Volt? Ambos são «revolucionários»

A Opel e a Chevrolet vão lançar em Janeiro um carro eléctrico no qual a General Motors (GM) deposita a esperança de ser uma solução para o problema de autonomia deste tipo de veículos. A poupança ao nível do combustível, numa utilização padrão de 25 mil quilómetros por ano, pode representar uma poupança de 1.850 euros por ano ou de 2.850 euros por ano por comparação com os modelos a gasóleo e gasolina, «com a vantagem de não poluir».

Tanto o Opel Ampera como o Chevrolet Volt (ambos do grupo GM) são «revolucionários» porque são carros eléctricos sem restrições de autonomia e funcionalidade, ou seja, têm uma autonomia de cerca de 500 quilómetros graças a um pequeno motor a gasolina que a única coisa que faz é gerar electricidade para o «verdadeiro» motor do carro, o Voltec, completamente eléctrico.

De acordo com a empresa, em Portugal, o custo aproximado de utilização do Ampera por cada 100 quilómetros, em modo eléctrico, é de um euro. Quando comparado com modelos semelhantes ao nível de potência e de segmento, a Opel indica que um carro a gasóleo gasta 8,4 euros por cada 100 quilómetros, enquanto que um modelo a gasolina está nos 12 euros por cada 100 quilómetros.

Apesar de todas estas vantagens, o preço dos dois modelos ainda não é acessível a todos os portugueses: 42.900 euros pelo Ampera e 41.950 euros pelo Volt.

O responsável da Opel para a área da mobilidade eléctrica, Lars-Peter Thiesen, referiu, citado pela Lusa, que o grupo GM decidiu «criar um carro eléctrico que cobrisse apenas os percursos que a esmagadora maioria das pessoas utiliza, mas que ao mesmo tempo pudesse fazer viagens longas, como ir de férias sem preocupações de autonomia».

Portugal exclui incentivos estatais

Lars-Peter Thiesen, que é doutorado em Física e participou no desenvolvimento das baterias e do sistema de motorização do Ampera, concordou que existem no mercado carros eléctricos puros com boa autonomia mas «não se podem comparar ao Opel Ampera», porque num veículo eléctrico puro «é preciso recarregar as baterias quando se esgotam», e quando isso acontece «temos de esperar uma eternidade para que as baterias fiquem novamente carregadas», o que não acontece com o modelo da GM.

Na maioria dos países europeus, os modelos eléctricos da GM terão incentivos estatais que farão baixar o preço em cerca de 6 mil euros na Holanda ou 7 mil euros em Espanha. 

Portugal é o único país, até ao momento, que exclui os dois modelos de incentivos estatais.

Questionado sobre se a evolução da autonomia das baterias de carros eléctricos será semelhante ao desenvolvimento que se assistiu nos telemóveis, Lars-Peter Thiesen disse que «será difícil», acrescentando que o esforço que está a ser feito não é tanto pelo lado da autonomia, mas sim «numa série de instrumentos para reduzir o peso e o volume das baterias».

O especialista adiantou que «antes de 2025» não se antevê que haja «uma bateria alternativa de produção em massa em relação ao que existe hoje».

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

08
Nov11

Renault Portugal já tem 120 carros eléctricos encomendados

adm

Variedade de modelos e preço competitivo são essenciais para ser líder em Portugal.

A Renault Portugal já tem 120 encomendas dos novos modelos eléctricos Fluence ZE e Kangoo ZE, e vai começar a entregar os primeiros carros em Janeiro de 2012. A fabricante francesa, que até ao final de 2012 terá quatro modelos eléctricos disponíveis, acredita que será líder de vendas em Portugal.

"Espero que, no próximo ano, vendamos centenas de eléctricos no mercado português", revela o número dois do grupo Renault, o português Carlos Tavares, ao Diário Económico.

Para atingir estes números , o ‘Chief Operating Officer' (COO) da construtora defende que a variedade de modelos e o preço competitivo são factores-chave. O custo dos modelos Fluence ZE e Kangoo ZE começa nos 20 mil euros, "o mesmo preço da versão a combustão", realça o gestor. O Fluence ZE é um modelo familiar, enquanto o Kangoo ZE é um ligeiro comercial que estará disponível em três versões.

fonte:http://economico.sapo.pt/n

03
Nov11

Renault escolhe Portugal para apresentação mundial de carros eléctricos

adm

A Renault escolheu Portugal para a apresentação mundial dos seus modelos eléctricos Fluence Z.E. e Kangoo Z.E.

O evento, que se iniciou a 29 de Setembro, vai permitir que jornalistas de mais de 40 nacionalidades façam os primeiros testes dos carros eléctricos do grupo francês num percurso entre o aeroporto de Lisboa e Cascais.

Segundo informações veiculadas pela própria Renault, para a escolha de Portugal como palco mundial da apresentação dos carros eléctricos contribuiu a aposta do país numa rede de postos de carregamento, um processo iniciado pelo anterior governo quando assinou acordos com o grupo francês no sentido de promover este tipo de automóvel.

Ricardo Oliveira, director de comunicação da Renault Portugal, afirmou à Lusa que esta evento "também está ligado ao nível de desenvolvimento e de envolvimento de Portugal sobre a mobilidade eléctrica", recusando, no entanto qualquer ligação "ao acordo assinado entre o anterior governo e a aliança Renault-Nissan".

Na altura, o grupo automóvel lançou o Nissan Leaf, o primeiro carro eléctrico de produção em massa, e anunciou um investimento de 160 milhões de euros numa fábrica de baterias de lítio em Aveiro, criando 200 postos de trabalho.

Os jornalistas presentes em Portugal são provenientes de toda a Europa e outros países como China, Austrália, Rússia, Brasil, Índia, Singapura, Israel, Marrocos, Argélia, Argentina e México.

O responsável da Renault refere que "a cidade de Lisboa, e de alguma forma Portugal, reúnem um conjunto de condições, como a hotelaria, boa rede rodoviárias, preços abaixo da Europa Central e clima ameno, muito adaptadas à realização deste tipo de acções".

Ricardo Oliveira adianta que, no caso concreto desta acção de apresentação dos primeiros veículos elétricos da Renault "pesou a aposta que foi feita sobre os carros eléctricos no nosso país", acrescentando que "Portugal é, neste domínio, claramente um dos países melhor preparados para a comercialização dos veículos eléctricos".

A aliança Renault-Nissan anunciou recentemente que espera vender 1,5 milhões de carros eléctricos em todo o mundo dentro de cinco anos, sendo que, para Portugal, Ricardo Oliveira diz que a marca francesa tem como objectivo "liderar as vendas de veículos eléctricos já a partir de 2012".

A aliança Renault-Nissan já investiu mais de 4 mil milhões de euros nos carros eléctricos e representa o eixo central de sua estratégia mundial.

Os dois novos modelos eléctricos, que serão anunciados aos jornalistas portugueses na próxima segunda-feira, começarão a ser comercializados ainda durante o mês de Novembro. Tanto o familiar Fluence como o comercial Kangoo terão um preço aproximado de 20 mil euros, a que acresce um pagamento mensal de 70 euros pelo aluguer da bateria.

fonte:http://economico.sapo.pt

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-nos no Facebook

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D