Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Carros Electricos

Tudo sobre carros eléctricos, noticias, novidades, apresentações, artigos técnicos, esquemas técnicos, tecnologia, etc.

Tudo sobre carros eléctricos, noticias, novidades, apresentações, artigos técnicos, esquemas técnicos, tecnologia, etc.

Carros Electricos

26
Mar12

Carros elétricos: só 231 foram vendidos em Portugal

adm

Só foram vendidos 231 carros elétricos, em Portugal, desde 2010 e até Fevereiro passado. Por isso, a Quercus e os comerciantes já reclamaram o regresso dos incentivos fiscais no ramo automóvel. 

O secretário-geral da ACAP lamentou à TSF o facto de este Governo ter acabado com o estímulo nesta área - criado pelo anterior Executivo - mas, ainda assim, mostrou alguma confiança no futuro. 

«Tem vindo a acontecer uma evolução gradual na aquisição destes veículos e muito mais centrados em frotas de empresas e câmaras municipais. É um segmento que está a surgir no nosso país», adiantou.

No espaço de dois meses (Janeiro e Fevereiro deste ano) venderam-se apenas 10 carros elétricos, uma quebra elevada face aos últimos dois meses do ano passado, altura em que foram vendidos 65 modelos.

fonte_:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/e

 

20
Mar12

Lisboa: Costa substitui 118 carros a gasolina por 54 elétricos

adm

A Câmara de Lisboa vai substituir 118 veículos movidos a combustível por 54 carros elétricos, depois de a assembleia municipal ter aprovado hoje o aluguer de menos viaturas do que estava inicialmente previsto para reduzir os custos da medida.

A proposta inicialmente apresentada previa o aluguer de 54 a 70 viaturas movidas apenas a eletricidade por cinco anos e por um total de cerca de 3,2 milhões de euros, para substituir os 118 veículos movidos a combustível que servem o município e cujo contrato termina em breve.

A medida, segundo o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, parte da necessidade de melhorar a qualidade do ar na cidade, que "sistematicamente, ano após ano", continua a ter dos "piores índices de qualidade do ar", nomeadamente na Avenida da Liberdade e que, por "não ter reduzido em metade as emissões de dióxido de carbono", está a ser julgada pelo Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias.

Com a substituição deste conjunto de veículos tradicionais por carros elétricos, a câmara prevê "uma redução de 270 toneladas de emissões de dióxido de carbono por ano", disse António Costa. O autarca salientou que a medida permite ainda a "poupança de 33.400 euros por ano no aluguer das viaturas" e de "180 mil euros por ano em combustível".

Elogiando a intenção ambiental por detrás da proposta, a maioria dos partidos da oposição apontou, no entanto, os custos que a medida traria à câmara, previstos inicialmente em cerca de 3,2 milhões de euros, e criticou que a autarquia comparasse o custo do aluguer de 70 veículos com 118.

Depois de o líder da bancada do PCP, Modesto Navarro, ter proposto a redução do número de veículos elétricos a alugar devido à "conjuntura que o país atravessa" e para "comprovar que esta é a opção correta a seguir", económica e ambientalmente, o presidente de câmara comprometeu-se a lançar o concurso para 54 veículos.

"Sou sensível aos argumentos dos deputados [que apelam uma redução do aluguer dos veículos]", disse António Costa, assumindo "prudência" perante a crise financeira que o país atravessa e, portanto.

O autarca admitiu ainda que, com base em informações do mercado, "as ofertas que a câmara vai receber vão ser mais simpáticas do que as estimativas" de custos da proposta.

Ainda assim, PSD e CDS-PP votaram contra a proposta. O deputado social-democrata Magalhães Pereira criticou o recuo no número de viaturas alugadas: "A Câmara não sabe mesmo fazer contas. Quando verifica que os carros são mais caros, então a solução é reduzir o número de viaturas", criticou.

Além disso, o deputado do PSD lembrou os custos do aluguer mensal de baterias e das reparações específicas, custos que, criticou, "não estão a ser contabilizados".

A proposta contou com as abstenções do BE e MPT. Os restantes partidos com assento municipal votaram favoravelmente a proposta.

A assembleia municipal aprovou ainda a estratégia de reabilitação urbana da câmara para os próximos 12 anos, que prevê a atualização de rendas imediatas e isenção de impostos em caso de obras deste tipo, com os votos favoráveis do PS e deputados independentes eleitos nas listas socialistas, oposições do BE e do CDS-PP e abstenções dos restantes partidos.

Por unanimidade, a assembleia aprovou o regulamento de estágios da autarquia e uma parcela de terreno no bairro municipal PRODAC Sul, para que se "proceda ao registo dos lotes e celebração das escrituras" no bairro, disse o vice-presidente da câmara, Manuel Salgado.

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/

11
Mar12

"Elétrico para todos" da Renault vai custar 21.750 euros

adm

 

Em simultâneo com a sua estreia mundial no Salão Automóvel de Genebra, a Renault divulgou o preço com que o Zoe será comercializado no mercado português. O quarto modelo da família Zero Emission da Renault pretende ser um “elétrico para todos”, promete uma autonomia superior a 200 km e vai custar 21.750 euros, preço chave na mão.

Projetado para ser exclusivamente elétrico, o Zoe é um utilitário de quatro portas, mede 4,1 metros de comprimentos, sendo ligeiramente maior do que o atual Clio. Tem cinco lugares e uma bagageira com capacidade para 338 litros.

O motor elétrico desenvolve uma potência máxima de 88cv e um binário máximo de 220 Nm. A marca francesa anuncia uma velocidade máxima de 135 km/h e uma autonomia de 210 km, ou de 100 km em tempo frio e em ciclo urbano (para a Renault, o pior cenário para este modelo).

Este modelo está preparado para o sistema «Quick Drop» de troca de baterias em menos de três minutos. Caso o proprietário não opte por trocar a bateria, ou este processo não esteja disponível, o tempo de carga oscila entre os 30 minutos e as nove horas, dependendo do tipo de tomada, normal ou rápida.

Em estrada, o Zoe emite um sinal sonoro para acabar com o perigo que representa a falta de ruído dos carros elétricos, especialmente quando circulam em ambiente citadino. Assim, até aos 30 km/h existem três sons à escolha, mas o condutor pode também desativar este sinal sonoro.

A exemplo do que acontece para o Fluence e o Kangoo, o cliente do Zoe terá de alugar as baterias. Amensalidade será de 79 euros euros/mês (com IVA incluído) para 12.500 km anuais/36 meses.

O Renault Zoe tem lançamento agendado para o próximo mês de Outubro e desde o dia 6 de Março que já está disponível para reserva em 11 países, através do site Renault.ZE. com.

fonte:http://www.autoportal.iol.pt/n

08
Mar12

Morgan revela desportivo elétrico com caixa manual

adm

 

 

 

A Morgan apresenta no Salão de Genebra um novo desportivo elétrico com a particularidade de contar com caixa manual de 5 velocidades, desenvolvida em parceria com a Zytek e a Radshape. Por enquanto, este Morgan é apenas um concept destinado a avaliar a receção do público em geral, mas a marca não exclui a sua passagem à produção caso a procura seja muita.

O Plus E monta um novo derivado do motor elétrico da Zytek que oferece 70kW (95 cv) e binário de 300 N.m, ao passo que a transmissão faz-se às rodas traseiras através de uma convencional caixa de velocidades de cinco relações. O programa vai conceber dois concepts de engenharia, com o primeiro a surgir com a caixa de velocidades manual de 5 velocidades e baterias de iões de lítio, enquanto o segundo a ser apresentado, já mais perto da sua versão de produção, terá tecnologias alternativas para as baterias e, possivilmente, contará com transmissão sequencial.

"Quisemos perceber quanta diversão se consegue ter com um desportivo elétrico, pelo que construímos um para nos ajudar a descobrir. O Plus E combina o desenho tradicional da Morgan com a construção da mais elevada tecnologia para incrementar tanto a autonomia como o envolvimento do condutor. Será um carro fantástico de conduzir", referiu o diretor da Morgan, Steve Morris.

fonte:http://aeiou.volante.pt/

05
Mar12

Carro eléctrico eleito carro europeu do ano

adm

O Opel Ampera e o seu 'irmão' Chevrolet Volt foram eleitos o carro do ano por jornalistas de 23 países, divulgou esta segunda-feira a Associeted Press.

O Opel Ampera, cuja primeira aparição foi no Salão Automóvel de Genebra em 2009, é o primeiro carro eléctrico híbrido com uma autonomia de 500 quilómetro e conseguiu ganhar à concorrência do Volkswagen Up! e do Ford Focus.

O prémio, anunciado hoje no salão de Genebra, é considerado o mais importante da Europa e dá indicações sobre as tendências de consumo dos futuros condutores europeus.

Os outros finalistas foram o Range Rover Evoque, o Fiat Panda, o Citroen DS5 e o Toyota Yaris.

fonte:http://www.cmjornal.xl.pt/


03
Mar12

Produção do elétrico Volt suspensa

adm

A General Motors decidiu suspender a produção do veículo elétrico Volt durante cinco semanas, afetando 1.300 trabalhadores de uma fábrica em Detroit, porque as vendas desde que chegou ao mercado não se ajustaram às expetativas.

De acordo com um porta-voz da empresa norte-americana que falou à Efe, a medida responde a «um simples ajustamento da produção», já que a GM espera que os níveis da procura melhorem, uma vez que as vendas do Chevrolet Volt aumentaram em fevereiro.

No entanto, o Chevrolet Volt, o primeiro automóvel elétrico da GM com extensor de autonomia, não conseguiu em 2011, o primeiro ano completo no mercado, alcançar o objetivo de vendas de 10.000 veículos, faltando 2.500 unidades para cumprir aquela meta, nota a Lusa.

Apesar de as vendas de fevereiro terem melhorado por comparação com as do mês anterior, a GM diz que se viu forçada a reduzir o ritmo de produção da fábrica Hamtramck, em Detroit, Michigan, o que também vai afetar a versão europeia do Volt, o Opel Ampera.

A produção do Volt vai ficar interrompida desde 19 de março até 23 de abril.

fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-nos no Facebook

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D