Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Carros Electricos

Tudo sobre carros eléctricos, noticias, novidades, apresentações, artigos técnicos, esquemas técnicos, tecnologia, etc.

Tudo sobre carros eléctricos, noticias, novidades, apresentações, artigos técnicos, esquemas técnicos, tecnologia, etc.

Carros Electricos

28
Mar13

Câmara de Lisboa quer ajudar taxistas a trocar carros antigos por elétricos

adm

A câmara de Lisboa quer ajudar os taxistas a trocarem a frota mais antiga por carros elétricos e disponibiliza-se a financiar cada veículo novo, até um máximo de 20, em três mil euros, disse hoje o vereador da Mobilidade.

"A minha proposta, que irei apresentar à CML, considera um apoio de três mil euros por cada táxi antigo que seja substituído por um elétrico, até ao total de 10 veículos para cada uma associação de taxistas: ANTRAL e Federação Portuguesa do Táxi", indicou Fernando Nunes da Silva.

Esta é uma forma de a autarquia promover o uso de carros elétricos entre os taxistas e de reduzir a poluição do ar na cidade.

Na luta contra a poluição, a câmara introduziu as Zonas de Emissão Reduzida (ZER) em Lisboa, que proíbe a circulação a veículos anteriores a 1992 nas áreas delimitadas pela Avenida de Ceuta, Eixo Norte-Sul, avenida das Forças Armadas, Avenida Estados Unidos da América, Baixa e Avenida da Liberdade.

Entretanto, a autarquia alargou a restrição entre a Baixa e a Avenida da Liberdade aos veículos anteriores a 1996.

Durante todo esse processo, que teve início em julho de 2011, os taxistas em Lisboa continuaram a circular em toda a cidade sem restrições por nunca terem conseguido meios para regularizar a sua situação, o que mereceu fortes críticas por parte de Nunes da Silva.

"O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) ainda não homologou as tabelas para a norma euro. E isto há mais de dois anos", frisou o vereador, indicando que 25% do tráfego da Baixa são táxis.

"E mais: o IMT não queria licenciar os carros elétricos para táxi porque não têm pneu sobresselente, mas um sistema que os permite andar 30 quilómetros com um furo. No entanto, licencia carros com mais de 20 anos porque já têm pneu sobresselente", acrescentou.

O vereador criticou também a atuação da Secretaria de Estado dos Transportes, afirmando ser "inadmissível" que tenha por assinar há cerca de um ano uma portaria que impede a importação de carros com mais de 20 anos para servirem de táxi.

"Se o Governo não tomar a sua parte para garantir meios para a fiscalização, importação e rigor nos centros de inspeção, então é muito difícil", disse Nunes da Silva.

Contactado pela Lusa, o presidente da Federação Portuguesa de Táxi, Carlos Ramos, mostrou-se satisfeito com a proposta da câmara, que classificou de "interessante", e disse que está "convencido de que se vai conseguir chegar a bom porto".

Apesar de admitir que dez carros são "uma gota de água", Carlos Ramos frisou que "sempre é uma ajuda".

"Em toda a cidade de Lisboa devem haver uns 700 a 800 carros antigos que é necessário substituir, sendo que cerca de 300 serão da Federação e os restantes da ANTRAL", afirmou.

A Lusa tentou sem sucesso contactar com o presidente da ANTRAL, Florêncio Almeida.

fonte:http://www.dinheirovivo.pt/

18
Mar13

Volt poderá ter três cilindros

adm

A partir da próxima geração, o híbrido com extensor de autonomia da Chevrolet, poderá contar com o contributo de um motor a gasolina 1.0 ou 1.2 de três cilindros.

O Chevrolet Volt, um modelo híbrido plug-in (passível de ser carregado numa tomada de eletricidade) com extensor de autonomia utiliza na primeira geração, lançada em 2011, um motor a gasolina com 1,4 litros de capacidade. Mas, de acordo com a Edmunds, os responsáveis da General Motors estão a considerar a possibilidade de trocar o motor atual do híbrido (que também será aplicado aos “irmãos” tecnológicos Opel Ampera, Cadillac ELR e um futuro modelo da Holden), a partir da próxima geração, prevista para 2016, por uma unidade de três cilindros, 1.0 ou 1.2, possivelmente com recurso a sobrealimentação - considerada mais leve e eficiente.

Já em 2011, a GM havia anunciado que se encontrava a desenvolver motores de novos de três e quatro cilindros, entre 1,0 e 1,5 litros de capacidade. Aparentemente, os blocos em questão serão desenvolvidos pelos parceiros chineses do fabricante norte-americano.

fonte:http://www.autohoje.com/i

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Segue-nos no Facebook

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D